Busca

Começar a ler cedo faz bem

Por Instituto MRV amicd

publicado em 26/07/2021

O hábito da leitura na infância é fundamental em sua formação

A literatura para crianças vem ganhando cada vez mais destaque nos últimos anos – um fato corroborado pelo Diagnóstico ANL do Setor Livreiro. Lá, o gênero responde por 74% dos livros comercializados nas mais de 700 livrarias consultadas.

Essa é uma ótima notícia, já que o hábito da leitura na infância é fundamental em sua formação, ajudando a despertar o senso crítico e o aprendizado. Se a base do pensamento é a linguagem, é com a literatura que os pequenos retém palavras significantes e imaginação para formar a base primordial do seu desenvolvimento.

Para estimular a leitura, a família e os pais das crianças são agentes fundamentais. Afinal, elas precisam ter modelos de leitores por perto e o consequente contato com livros, seja em livrarias, em casa ou na sala de aula. Nesse contato, é importante que o momento de narração de histórias seja um momento de prazer, muito mais que uma avaliação sobre o que está lendo, como acontece muitas vezes na escola. O raciocínio é simples: fica fácil para as crianças tomarem o gosto por ler quando os pais gostam de ler e quando o hábito é incentivado.

Além das páginas de textos em si, a literatura infantil apresenta a peculiaridade da ilustração, sendo a representação imagética um outro olhar sobre o texto que está ali. No entanto, seu estilo e a quantidade de ilustração podem determinar as faixas de públicos, já que muitas crianças, dependendo da idade, podem abolir obras com mais desenhos do que linhas, considerando “infantil demais”. Por isso, o desafio é conseguir ser simples, sem ser simplório.

Não é por serem crianças que precisam de uma literatura mastigada e simplificada. É preciso ter respeito à inteligência infantil e proporcionar uma experiência em que esses pequenos leitores saiam de seu lugar habitual.

4.064 voluntários já participaram das nossas ações

Testemunho do nosso time

Compartilhe:

Quer conhecer mais um dos nossos projetos?

Clique aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Indígena é aprovado em medicina pela Universidade Federal do Maranhão

Leia mais
Variados

Acidentes domésticos vs. Crianças: como evitar e não superproteger ao mesmo tempo

Leia mais
Não categorizado

A qualidade de vida dos jovens pode ser melhor

Leia mais

Assine nossa newsletter!