Busca

Fala, Voluntária #02 – Thaís Kerllen, de Belo Horizonte/MG

Por Márcio Junio

publicado em 26/04/2022

"O trabalho voluntário te abre os olhos, te faz olhar além do seu mundo. O sentimento é gratificante", afirma Thaís

E chegou mais um relato no “Fala, Voluntário”, dessa vez com Thaís Kerllen, que participa das ações do Instituto MRV desde 2016, quando migrou da obra para o escritório, em Belo Horizonte (MG). Atualmente a jovem trabalha como na área de Desenvolvimento Imobiliário da MRV&CO e afirma que sua relação com o Instituto, após indicação da sua amiga Nathália, foi amor à primeira vista.

Thais lembra com muito carinho da primeira ação que participou, “foi no Biblioteca Viva e tive uma mistura de sentimentos. Eu não sabia como seria na prática, mas quando cheguei e as crianças entraram com aqueles olhinhos brilhantes e curiosos, meu coração disparou e fiquei muito grata por participar e vivenciar aquilo tudo”, afirmou. Ainda sobre essa ação, a jovem completou dizendo que cada criança chegava com uma história diferente e ali foi um momento importante para escutar e também responder algumas das várias perguntas que os pequenos faziam.

Sobre o trabalho voluntário, a jovem destaca que a alegria das crianças é o seu principal combustível. “O trabalho voluntário te abre os olhos e te faz olhar além do seu mundo. Saber que de alguma forma você fez o dia de alguém mais feliz é gratificante. O que me motiva a ser voluntária em cada ação, é ver o sorriso das crianças e saber que de alguma forma você está fazendo o dia deles mais alegre” afirma, Thaís.

Cada iniciativa desperta um sentimento diferente. As horas passam voando e o aprendizado dura para sempre. Kerllen sabe muito bem sobre isso. Ela viveu intensamente o “Projeto Entre Letras”, onde nossos voluntários trocam cartinhas com crianças de um centro educacional e só se conhecem no último dia do projeto, até lá, é proibido enviar fotos e manter contato por fora das correspondências. E nossa voluntária afirma que não consegui definir essa experiência em palavras. “Quando eu conheci a criança foi surreal! Eu estava tão ansiosa que parecia que o conhecia a anos, e quando vi ele com minha cartinha nas mãos, meu coração disparou e nada do que eu possa dizer vai conseguir descrever essa sensação. Foi incrível uma das experiências mais extraordinária que eu já tive”, disse Thaís.

Thaís Kerllen e o seu companheiro de cartinhas, em ação pelo projeto “Entre Letras”, em 2019

 

Assim como nós, Thais acredita que a educação transforma o mundo e considera o conhecimento como o principal agente para melhorar a qualidade de vida. E ela enxerga o Instituto MRV como um instrumento para levar educação e amor para os nossos jovens e crianças. E completa dizendo que o nosso trabalho faz a diferença na vida dos pequenos e também dos voluntários.

A voluntária, colaboradora da MRV&CO, encerra com uma palavra: gratidão. E deixa uma mensagem para os nossos realizadores do futuro: “Aproveitem! Corram de lá e pra cá, perguntem tudo que dá vontade, aprendam coisas novas todos os dias, experimentem o prazer de ser livre e sem preocupações, estudem, leiam um livro sempre, pois eles te transportam para outros lugares. Usem a imaginação, aproveitem sua infância e, quando crescer, nunca deixem de ver a vida com um olhar de uma criança”, disse Thaís.

Para nós, o MRV Voluntários é isso! Amor, gratidão e conhecimento. E claro, apoiar e acreditar nos nossos jovens e crianças, por meio da educação.

4.285 voluntários já participaram das nossas ações

Testemunho do nosso time

Compartilhe:

Quer conhecer mais um dos nossos projetos?

Clique aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentários sobre o texto

  1. Mônica RM Massaneiro disse:

    Sou de Curitiba, gostaria de participar de alguma ação aqui, se tiver me avisem por favor.

    1. Márcio Junio disse:

      Oi Mônica, que legal o seu interesse. Todas as ações são divulgadas no workplace e em nosso portal, torne-se uma voluntária e participe dsa ações que te chamarem atenção: https://mrvoluntarios.com.br/login

EducaçãoVariados

Menino de 5 anos é brasileiro mais novo a entrar para clube dos gênios

Leia mais
EducaçãoProfessoresProjetos

Instituto MRV e Instituto Superação reformam quadras poliesportiva em escolas públicas de SP e MG

Leia mais
EducaçãoInstituto IungoProfessores

Instituto iungo apresenta: ATIVAR! Metodologias ativas por Whatsapp

Leia mais

Assine nossa newsletter!